domingo, 5 de março de 2017

Sport Clube do Barco

Fundado: 1976
Localidade: Barco, Covilhã
Modalidades: Futebol de 11
Casa: Campo de Jogos 19 de Abril

Fundado na aldeia serrana de Barco, perto das margens do Rio Zêzere, o Sport Clube do Barco teve um extraordinário inicio no futebol, aparece a meio da década de 70, numa altura em que os jovens da terra, estavam já habituados aos jogos no pelado local, sendo que o clube começa nas competições federadas logo após a sua criação.

É na época de 1976/77 que o Barco se estreia no Distrital de Castelo Branco e começa a prometer muito com a obtenção de bons resultados, depois  de algumas épocas a competir, é na temporada 1979/80 que se sagra campeão distrital pela primeira vez, tendo acesso à IIIª Divisão Nacional no ano seguinte, de onde é depois despromovido. No entanto o regresso ao patamar distrital dura pouco, tendo a equipa sido campeão distrital novamente em 1981/82.

De novo na IIIª Divisão Nacional, o Barco consegue a permanência, ficando no meio da tabela num bom 8º lugar, num plantel em que, de entre muitos jogadores da família Brito, despoleta o avançado César Brito, jogador da terra que segue depois para o Sporting da Covilhã e que mais tarde viria a brilhar no Benfica. A equipa do Barco já não teve a mesma sorte na época seguinte, sendo despromovida novamente para o distrital, onde se mantém apenas mais época (1984/85) até efectuar uma paragem no futebol por motivos financeiros.

O clube continuou com outras actividades, e também com camadas jovens em competição, mas o regresso da equipa sénior ás competições federadas surge apenas em 1991/1992, agora na 2ª Divisão Distrital, onde acaba por se sagrar campeão em 1992/93, a equipa mantém-se durante três temporadas no patamar principal, sendo despromovida para a 2ª Divisão Distrital em 1995/96, onde competiu até desistir em 1997/98.

Depois o futebol federado continuou ainda com escalões jovens, e com jogos amigáveis com outras terras vizinhas. O clube ainda se encontra actualmente ativo, realizando apenas algumas atividades sociais e desportivas, e apesar de já não possuir a dinâmica de outros tempos é ainda a principal colectividade da aldeia do Barco.

Sem comentários:

Enviar um comentário